PINTANDO E REPINTANDO

PINTANDO E REPINTANDO
SEJAM BEM VINDOS

Seguidores

MERCADO LIVRE

Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

grafitagem passo a passo,3D Strassenmalerei in Moskau, Arte na rua,desenho 3D grafite,Miniaula de tela com pintura e serigrafia, pintando o nascer do Sol,pintando o por do sol,os segredos da pintura espatulada



Como fazer Grafite




O grafite é uma arte urbana que em muitos momentos é confundida com a pichação, há grande diferenças entre elas uma vez que o grafite é mais artístico enquanto que a pichação não tem nenhum propósito artístico. O grafite tem uma linguagem própria na qual os seus autores produzem cada arte com um tema adequado as suas propostas. As técnicas e estilos são os mais variados possíveis, há estilos onde a distorção no desenho é grande enquanto que outros se aproximam muito do desenho realista. Para quem quer ser grafiteiro a prática é essencial, no caso de não ter experiência pouca ou nenhuma, o treino constante aperfeiçoa a arte. Veja algumas dicas para os iniciantes começaram os primeiros passos para criar os seus grafites e também para os que já pratiquem conheçam métodos para melhorar seus trabalhos: 

Treine e rascunhe no papel 
 Fazer a arte ou o planejamento do grafite no papel é útil para os iniciantes praticarem os traços e evoluirem o seu conhecimento. Já para os mais experientes fazer o grafite no papel é interessante para prever aspectos sobre a arte que pretende transferir para a parede. Além disso, no papel é possível aplicar a proporção e o mapeamento do grafite, desta maneira o sucesso para passar o desenho para a parede é maior, poderá até usar uma técnica de dividir a arte no papel em blocos transferíveis para a parede. Defina um estilo Para quem é iniciante tenha um estilo como referência para criar as suas artes, uma vez que siga o estilo com o tempo irá memorizar os traços e técnicas de produção de um grafite e poderá transitar entre diferentes estilos. O seu estilo será um estilo baseado nos existentes e que será modificado e personalizado com o tempo. Uma inspiração são as modalidades de pintura que existem, cada uma delas com o tempo se baseou em outra e com essa mistura sempre surgiam novidades. 


Use estruturas de desenhos Ao criar uma arte sempre montar um esqueleto que sirva de base para um grafite, por exemplo, se for desenhar um rosto crie um esqueleto e traçados que fixem as partes do desenho na posição correta com a proporção ideal. Acabamento da arte Para o acabamento da arte use sombras, combinação de cores, perspectiva e outros recursos para o acabamento final do grafite, se for iniciante observe artes feitas e aprenda mais com elas. Para o acabamento da arte conheça mais macetes com quem entende do assunto e obtenha dicas, por exemplo, ao tirar o ar da lata o jato que sai da lata de tinta se torna mais fino e é possível criar um acabamento mais detalhado quanto se trata da arte final. 

Transição para o muro 
 Para os iniciantes somente vá transportar o grafite para o muro quando estiver com a arte pronta e com o acabamento preparado. É necessária alguma experiência antes de colocar o grafite no muro, se nunca grafitou no muro é recomendável que treine antes de colocar um grafite seu em uma rua movimentada e com sua assinatura. Busque dicas e macetes com grafiteiros experientes Infelizmente nem todos os locais possuem cursos de grafiteiros, ter e conhecer um amigo grafiteiro que saiba mesmo grafitar é útil para aprender e aprimorar a arte, mas, não basta somente perguntar e sonhar, é importante que você faça acontecer. A tecnologia também ajuda a entrar em contato com grafiteiro pelo mundo com a ajuda de redes sociais e Internet, não importa a distância é possível encontrar uma comunidade digital sobre o assunto com mídia relacionada com o tema, além de vídeos, fotos e muito mais do que se pode imaginar. 

http://comofas.com/como-fazer-grafite Issis Antunes
TENHAM UMA BOA NOITE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário